POLONAISE – DANÇA DE PARES DEPENDENTES

– Breve Histórico

Segundo Aurélio Buarque de Holanda no Novo Dicionario da língua Portuguesa, Polonaise  é uma dança originária da Polônia, tocada em compasso ternário e andamento de marcha com ligeiro acento no 1º tempo. De acordo com a obra “Humaitá Cultura Espontânea de Sua Gente”, começa a ser mencionada somente o ano de 1645. Essa dança de conjunto teria origem a partir de uma marcha triunfal de antigos guerreiros poloneses.

Inicialmente era dançada somente por homens, passado a admitir, posteriormente, pares mistos, dispostos de acordo com a idade e grau de nobreza.

As melodias das danças polonesas eram familiares aos europeus desde 1585. Devido ao seu ritmo vibrante, caíram no agrado dos alemães, que as incorporaram às sua danças.

As formas alemãs da Polonaise conservam as antigas características das danças de conjunto, isto é, cadencias, quadros, arcos, serpentinas, etc.

No Rio Grande do Sul, é dançada em passos e/ ou marcações de marcha, sendo uma dança viva, alegre e descontraída.

Também é dançada em abertura de bailes ou em pontos culminantes de festividades, além de muito requisitada nas regiões de imigrante alemães e poloneses do nosso estado.

Fonte: Compêndio Técnico de Danças Gaúchas de Salão MTG/RS

 

 

About the author: admin